Hotel Rural Quinta do Silval

Diárias a partir de

R$ 2411

Localização Do Estabelecimento Com uma estadia Hotel Rural Quinta do Silval em Alijó, ficará na serra, a 7,2 km (4,5 mi) de Miradouro de Casal de Loivos e a 9,6 km (6 mi) de Quinta da Roêda. Este hotel de 4 estrelas está a 10,3 km (6,4 mi) de Museu do Pão e do Vinho e a 11,1 km (6,9 mi) de Adega de ...

Mais detalhes

OpenWeather

Informações do estabelecimento

Entrada a partir de: 15:00

Saída até: 11:00

<h3>Localização Do Estabelecimento</h3> Com uma estadia Hotel Rural Quinta do Silval em Alijó, ficará na serra, a 7,2 km (4,5 mi) de Miradouro de Casal de Loivos e a 9,6 km (6 mi) de Quinta da Roêda. Este hotel de 4 estrelas está a 10,3 km (6,4 mi) de Museu do Pão e do Vinho e a 11,1 km (6,9 mi) de Adega de Favaios. As distâncias são apresentadas à 0,1 milha e ao quilómetro mais próximo. <br> - Miradouro de Casal de Loivos - 7,2 km/4,5 mi<br> - Quinta da Roêda - 9,6 km/6 mi<br> - Museu do Pão e do Vinho - 10,3 km/6,4 mi<br> - Adega de Favaios - 11,1 km/6,9 mi<br> - Jardim Público Doutor Mato...

Quinta do Silval, 5085-104 Vale de Mendiz, Portugal - Alijo, Norte Region - Portugal - 5085104

Comodidades do estabelecimento

Entrada a partir de: 15:00

Saída até: 11:00

Avaliação dos hóspedes

TripAdvisor

Pontuação dos viajantes
  • Excelente

    73

  • Muito Bom

    32

  • Bom

    11

  • Razoável

    18

  • Ruim

    3

Perfil dos viajantes
  • Negócios

    2

  • Romântica

    79

  • Viagem a sós

    1

  • Família

    23

  • Viagem com amigos

    14

Resumo das pontuações
  • Atendimento

  • Custo-benefício

  • Limpeza

  • Localização

  • Qualidade do sono

  • Quartos

Enganação na hospedagem e produtos

Avaliou em 10 de maio de 2022

Fiz check-in às 21:00 do dia 30/04/2022 no sítio acima mencionado com meu marido. Tínhamos jantar programado às 22:00. Quando sentamos à mesa, um senhor chamado Ilídio se identificou como gerente e disse que nos atenderia. Ao contrário do que a recepção nos informou, o "gerente" não nos deu opção de escolha quanto às entradas, prato principal ou sobremesa, tendo que comer o que ele colocava à mesa. A nossa única escolha naquele jantar foi o vinho. Após disferir inúmeros elogios à mim (inclusive deixando meu marido desconfortável), ele disse que a dose de vinho do porto que estava me oferecendo seria de graça pelo meu sorriso. Bem, após o jantar, fomos ao quarto descansar. No dia seguinte pela manhã, durante o café da manhã, ele nos abordou novamente com as piadinhas e elogios sem fim, disse que poderíamos fazer a degustação de vinhos e que apenas meu marido pagaria como forma de agrado pela hospedagem, aceitamos. Fizemos a degustação mais cara que ele nos ofertou, custando 50 euros por pessoa, onde apenas meu marido pagaria. Escolhemos os vinhos que levaríamos, sendo um vinho do porto tawny de 30 anos, dois vinhos do porto special ruby de 10 anos, um vinho tinta roriz e um vinho branco. O gerente pegou uma garrafa do vinho do porto tawny de 20 anos que estava na mesa e nos disse que iria trocar no estoque essa garrafa pelo vinho de 30 anos que queríamos. Sem ao menos nos dar a possibilidade de conferir os vinhos do porto, o gerente Ilídio pegou os vinhos, os acomodou dentro de uma caixa de madeira e levou até a recepção, onde colocou dois pregos. Nos auxiliou a colocar a caixa e as duas garrafas de tinta roriz e de vinho branco no carro e fomos embora. Dois dias depois, eu e meu marido resolvemos abrir a caixa de madeira para acomodar melhor os vinhos já que retornaríamos ao Brasil e aí tivemos a maior surpresa da hospedagem. Dentro da caixa continham os dois vinhos do porto ruby de 10 anos e um vinho do porto tawny de 20 anos, sendo que pagamos pelo de 30 anos. A diferença em euros entre o vinho que compramos e o vinho que o gerente colocou na caixa é de 65 euros. No início pensávamos que tinha acontecido um incidente e o mesmo tivesse trocado as garrafas sem querer. Inicialmente, quando informamos o ocorrido à Quinta do Silval não tivemos retorno. Após nossa assessoria entrar em contato, mandaram o e-mail em anexo, informando que sentiam muito, mas notaram que a degustação não tinha sido cobrada, então que eles abateriam o valor do vinho pelo valor da degustação DO CASAL. Importante esclarecer que tanto o vinho do porto que bebi no jantar, quanto a minha degustação de vinhos seriam de graça e de um instante ao outro elas passaram a ser cobradas. Além disso, o gerente Ilídio acreditou ser muito astuto no final do e-mail e aproveitou para dizer que eu não ficaria chateada ou incomodada pela troca, pois o vinho que veio na caixa era o vinho que eu tinha bebido no jantar. Neste momento, tive a certeza de que o gerente Ilídio tinha feito a troca das garrafas de propósito, acreditando que abriríamos a caixa de madeira e notaríamos o "equívoco" apenas quando chegássemos ao Brasil. Após esse e-mail infeliz e mais uma resposta da nossa assessoria relatando os verdadeiros fatos, um novo gerente entrou em contato e informou que devolveria o valor da diferença no nosso cartão, sendo que pagamos em dinheiro. Ou seja, mais uma vez sem resolver o problema e sem lógica alguma. Até o momento não tivemos nosso dinheiro devolvido e nem uma resolução do problema.

cmundet

Boa Cama, Boa Mesa!!

Avaliou em 6 de agosto de 2021

Hotel situado num local lindíssimo, com vista para as vinhas do Vale de Mendiz. Muito perto da Vila do Pinhão. Destaco a limpeza, a simpatia e disponibilidade dos empregados, o delicioso jantar acompanhado com vinhos de produção própria. Local ideal para descansar.

Di_245448

Muito agradável! Expresso a 2€

Avaliou em 4 de agosto de 2021

Espaço interior e exterior muito agradável! Um óptimo sítio para descansar, ouvir os sons da natureza e desfrutar de um ambiente tranquilo e de paz! Contudo, o jantar é uma refeição muito pobre e pouco cuidada para o valor cobrado pela mesma. Na hora de pedir um café expresso, é preciso pensar duas vezes uma vez que cobram DOIS EUROS por um expresso pior do que aquele que se bebe quando vamos a Espanha.

QuicaAM

Experiência no Douro

Avaliou em 26 de julho de 2021

Simpatia, disponibilidade, limpeza e situado num local com uma paisagem deslumbrante. Desde a recepção com a rececionista Rita até ao final, a simpatia sempre imperou. Pequeno almoço top. Espaço circundante da Quinta bem arranjado e cuidado. Hotel a repetir e/ou a aconselhar.

Vitornogueira2021

Vinhos pouco conhecidos mas bons, que pena ! comida diferente mas boa q.b.

Avaliou em 20 de julho de 2021

O Hotel está no meio do Douro vinhateiro...paz total, para descansar e conhecer vinhos que nem se encontra no mercado, parece que vai tudo para fora. Comi um bacalhau em cima de um arroz de feijão fabuloso, comida tradicional e transmontana sem cair no habitual....

gastronomo88